Preso o homem que confessou ter matado jovem Rayane

Preso o homem que confessou ter matado jovem Rayane

Preso o homem que confessou ter matado jovem Rayane
5 (100%) 10 votes

Segurança que confessou ter matado Rayane foi preso

Segurança confessa ter matado Rayane após oferecer carona

Segundo o G1, o segurança Michel Flor da Silva, de 28 anos, foi na noite de terça-feira, dia 30 de outubro. Ele conta que matou a jovem depois de ter oferecido carona.

O delegado disse que Michel teria visto a jovem num terminal rodoviário em Guararema e ela estava cambaleando. A jovem havia sentado num banco. Michel trabalhava nessa rodoviária como segurança.

Entenda o caso: corpo de Rayane Paulino é encontrado e mãe faz reconhecimento

Ele teria se aproximado da jovem e perguntado se ela estava bem. Ofereceu água e uma jaqueta para se aquecer, mas a adolescente não teria aceitado.

Então, Michel oferece a carona, mas a jovem não chega no destino.

Para a polícia houve estupro, mas o segurança nega, dizendo que foi consensual.

Parte do depoimento de Michel Flor, o homem que matou Rayane, não convence delegado

Michel contou ao delegado que a jovem havia dito que queria “curtir a noite”, então o segurança propôs a jovem que fossem para Jacareí. O delegado Rubens José Ângelo não acredita nessa versão.

Para ele, o segurança havia levado ela com a intenção de estuprá-la.

Em certo momento, no km 170 da Dutra, ele teria mantido relações com a jovem, que havia se arrependido e ameaçado o segurança de contar para o pai.

Rayane teria conseguido dar um chute no segurança, que a contra-atacou com um mata-leão, já que era adepto de artes marciais, e ela veio a desmaiar.

Percebendo que a adolescente ainda estava viva, pegou o cadarço da bota da jovem e a asfixiou.

Depois do ocorrido, o segurança havia ido trabalhar normalmente na rodoviária.

A polícia já tinha provas contra Michel desde o domingo, dia 28, e só não foi preso antes por causa da legislação eleitoral.

Agora, Michel Flor responderá por homicídio quadruplamente qualificado e estupro.

Segundo um delegado que deu entrevista para a Rede Record, uma prova foi muito importante para a conclusão do caso e definição de quem teria matado a jovem.

Foi feita uma varredura no local onde foi encontrado o corpo da jovem Rayane. Lá encontraram muita coisa velha, porém encontraram uma caneta (dessas que dão como brindes), e que era um objeto aparentemente novo no local, ou seja, esta ali há poucos dias.

E no momento da prisão do suspeito, foi solicitado que o mesmo pegasse canetas disponíveis com ele. Entre as canetas apresentadas por Michel, havia uma idêntica ao que o suspeito havia perdido no local do crime.

Vídeo: Delegado explica como uma caneta ajudou na identificação do suspeito de matar Rayane

Veja mais: Bolsonaro impulsiona votação sobre liberação do porte de armas ainda em 2018

Tags adicionais: michel flor da silva, michel flor, assassino de rayane, homem que matou rayane, confessou ter matado rayane, corpo de rayane, rayane alves, rayane foi encontrada, rayane paulino, caso rayane ultimas noticias, Mogi das Cruzes, corpo de rayane é encontrado, corpo rayane encontrado.

Compartilhar

Deixe uma resposta

Fechar Menu