Caso Rayane: corpo de Rayane Paulino é encontrado e mãe faz reconhecimento

Caso Rayane: corpo de Rayane Paulino é encontrado e mãe faz reconhecimento

Caso Rayane: corpo de Rayane Paulino é encontrado e mãe faz reconhecimento
4.8 (96.36%) 11 votes

Mãe de Rayane Paulino, jovem desaparecida em Mogi das Cruzes, faz reconhecimento do corpo encontrado

Caso Rayane: o desaparecimento

Neste último domingo, dia 28 de outubro, a jovem Rayane Paulino, de 16 anos, foi encontrada morta em um matagal, na região de Guararema, no interior de São Paulo, com um cadarço enrolado no pescoço.

Segundo o UOL, a jovem Rayane havia desaparecido na noite de 20 de outubro, em Mogi das Cruzes (SP), depois que o pai, Márcio Paulino Alves, havia levado ela na casa de uma das duas amigas que iriam levá-la para uma festa.

Segundo contam, a garota decidiu ir embora no meio da noite e disse para as amigas que o pai iria buscá-la.

No dia seguinte, um domingo, dia 21, os pais não obtiveram notícias da jovem, nem conseguiram ter os telefonemas atendidos.

O início das buscas pela jovem Rayane Paulino

Já na segunda-feira, dia 22 de outubro, a família se mobilizou diante do desaparecimento da jovem, espalhando cartazes e nas redes sociais.

Na quinta-feira, dia 25, a polícia civil de Mogi das Cruzes conseguiu encontrar o celular da jovem, tendo início uma busca no local com a ajuda de cães farejadores. Tudo levava a crer que o corpo de Rayane estaria no lago, mas não conseguiram nenhum vestígio, mesmo com a ajuda dos mergulhadores do Corpo de Bombeiros.

No sábado, dia 27, a polícia recebeu uma notícia de que o corpo da jovem poderia estar no lado de uma casa abandonada, nas proximidades de um rio em Jacareí. Porém, novamente, os policiais não encontraram vestígios.

Mas no dia 28, domingo, o corpo da jovem foi encontrado pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), em Guararema.

O corpo de Rayane é encontrado

A mãe da jovem esteve presente para fazer o reconhecimento, que confirmou ser realmente a jovem Rayane Paulino através do esmalte das unhas e pela pulseira que a jovem usava.

 

rayane paulino desaparecida corpo encontrado guararema 2

Segundo o G1, o corpo da jovem foi finalmente localizado em uma área de mata da Avenida Francisca Lerário, no bairro do Lambiri, em Guararema.

No local onde foi encontrado o corpo da jovem, também foram colhidos materiais de DNA que pode dar pistas sobre o autor do crime.

O corpo já estava em estado avançado de decomposição, mas o laudo do corpo de Rayane Paulino indicou que a jovem teria sido asfixiada.

Entre o local onde o celular foi encontrado e o corpo da adolescente daria uma distância de 10 km.

Segundo conta o ajudante geral, Alessandro Leite, disse que um motoqueiro, que estava passando pelo local para ir votar, viu o corpo e acionou a polícia.

O delegado Rubens José Ângelo, da Delegacia de Homicídios, disse que a investigação continuará incansavelmente até que os autores do crime sejam identificados.

Atualização 29/10/2018 às 17:50 – Caso Rayane: enterro da jovem rayane é acompanhada por centenas de pessoas

funeral rayane paulino corpo encontrado 2
Reprodução/RecordTV

Centenas de pessoas acompanharam, nessa segunda-feira, dia 29, o enterro da jovem Rayane Paulino.

O cadarço que foi encontrado no pescoço da vítima foi encaminhado para a polícia criminalística, onde serão feitos os devidos exames.

O G1 cita que ainda serão feitos outros exames, além de outro para saber se a jovem teria sido vítima de estupro.

Atualização 31/10/2018 às 17:50 – Segurança de nome Michel Flor da Silva confessa ter matado Rayane

O segurança Michel Flor da Silva, de 28 anos, foi na noite de terça-feira, dia 30 de outubro. Ele conta que matou a jovem depois de ter oferecido carona.

O delegado disse que Michel teria visto a jovem num terminal rodoviário em Guararema e ela estava cambaleando. A jovem havia sentado num banco. Michel trabalhava nessa rodoviária como segurança.

Ele teria se aproximado da jovem e perguntado se ela estava bem. Ofereceu água e uma jaqueta para se aquecer, mas a adolescente não teria aceitado.

Então, Michel oferece a carona, mas a jovem não chega no destino.

Para a polícia houve estupro, mas o segurança nega, dizendo que foi consensual.

Michel contou ao delegado que a jovem havia dito que queria “curtir a noite”, então o segurança propôs a jovem que fossem para Jacareí. O delegado Rubens José Ângelo não acredita nessa versão.

Para ele, o segurança havia levado ela com a intenção de estuprá-la.

Em certo momento, no km 170 da Dutra, ele teria mantido relações com a jovem, que havia se arrependido e ameaçado o segurança de contar para o pai.

Rayane teria conseguido dar um chute no segurança, que a contra-atacou com um mata-leão, já que era adepto de artes marciais, e ela veio a desmaiar.

Percebendo que a adolescente ainda estava viva, pegou o cadarço da bota da jovem e a asfixiou.

Depois do ocorrido, o segurança havia ido trabalhar normalmente na rodoviária.

A polícia já tinha provas contra Michel desde o domingo, dia 28, e só não foi preso antes por causa da legislação eleitoral.

Agora, Michel Flor responderá por homicídio quadruplamente qualificado e estupro.

Tags adicionais: corpo de rayane, rayane alves, rayane foi encontrada, rayane paulino, caso rayane ultimas noticias, Mogi das Cruzes, corpo de rayane é encontrado, corpo rayane encontrado.

Compartilhar

Deixe uma resposta

Fechar Menu